segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

10 dicas para proteger os dados de sua empresa

Invasões de sistemas por vírus, spams ou links maliciosos, funcionários que expõem dados sensíveis: são muitas as vulnerabilidades que podem colocar sua empresa em risco. Com a popularização de smartphones e tablets, ganharam força também as ameaças que atingem os dispositivos móveis. 

Confira 10 medidas que garantem a segurança do seu negócio.



1. Seja em uma loja de pequeno porte ou em uma plataforma de comércio eletrônico com 250 máquinas, é fundamental trabalhar com hardware e software originais, que contam com garantia dos fabricantes.

2. Um pacote de segurança, com ferramentas como antivírus, firewall e antispam, também é essencial para qualquer tamanho de empresa. Uma consultoria especializada pode ajudar a escolher o melhor modelo de tecnologia – e de proteção – para o perfil do seu negócio.

3. Funcionários que clicam em links maliciosos podem trazer problemas sérios. Por isso, é preciso educar os colaboradores sobre esses perigos e configurar o software de segurança para que bloqueie links suspeitos.

4. Não se esqueça de atualizar constantemente suas soluções de segurança contra ataques de vírus e links maliciosos. Só assim garantirá uma varredura automática eficiente.

5. Adote um código de ética, explicando aos funcionários as melhores práticas e a importância de proteger os dados. Em alguns casos, será necessário que eles assinem contratos de confidencialidade.

6. Crie uma política de segurança para impedir o vazamento de dados. Dependendo das necessidades da empresa, as regras podem incluir armazenamento em datacenters externos, restrição às gravações de CDs ou DVDs ou leitura de pen drives.

7. Os funcionários devem manejar apenas as informações necessárias para o seu trabalho. Considere usar arquivos criptografados ou restringir acesso a e-mails pessoais e redes sociais.

8. Dê aos dispositivos móveis a mesma atenção que confere aos tradicionais – se o orçamento prevê solução de antivírus para o universo PC, preocupe-se também com smartphones e tablets.

9. Oriente os colaboradores a utilizarem opções de segurança, como senhas, principalmente em notebooks. Tecnologias como criptografia evitam que as informações sejam vistas sem uma password e bloqueiam o uso de dados copiados para outro computador.

10. Com ou sem acesso remoto dos funcionários, faça regularmente um backup de todas as informações relevantes, da lista dos fornecedores e clientes às tabelas de preços.

Fonte: Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios

Pesquisar neste blog