quarta-feira, 10 de julho de 2013

Proteja seus bens digitais

Você provavelmente possui mais bens digitais do que pensa. Desde e-mails e perfis em redes sociais, até contas financeiras on-line, nomes de domínio, coleções de mídia digital (música e filmes), avatares de videogame e milhas de fidelidade. Para manter estas coisas em segurança é preciso pensar diferente e prever o futuro. Saiba como:




Categorize. Junte todas suas contas e encerre as que não usa mais. Sabe aquele perfil no MySpace que não abre desde 2007 ou o blog que criou por capricho há alguns anos? Recupere as senhas e encerre-os. Além disso vasculhe tudo e crie uma lista de todas as partes de sua vida online, contas de redes sociais, e-mail, páginas do Youtube e etc.

1. Proteja seus acessos. Pratique os princípios básicos de limpeza e segurança on-line. Senhas fortes são fundamentais; crie senhas longas com combinações de letras, números e símbolos não-alfanuméricos, evite nomes ou palavras encontradas no dicionário. Use logins diferentes para cada conta online e certifique-se de que eles não sejam parecidos. Crie um e-mail para suas finanças online. Podem parecer muitas coisas para se lembrar e proteger, mas os administradores de senha e de backup online gratuito incluídos em suites de segurança robustos, como o Kaspersky PURE 3.0 te ajudam a fazer isso, enquanto programas como o Kaspersky Internet Security protegem a sua atividade online de possíveis ataques quando você estiver executando transições delicadas.

2. Pense no futuro. Decida se quer que suas contas de redes sociais permaneçam como estão agora, a transição para um formato de estilo memorial, ou ser desligadas quando você deixar de usá-las. Defina quem quer que tenha acesso a estes sites e a seu e-mail, sabendo que essa pessoa verá detalhes particulares de sua vida pessoal. Mantenha sua informação digital como nomes de usuários e senhas de contas fora de sua vontade, mas não s eesqueça de dizer explicitamente na vontade quem recebe o quê (como a sua música on-line ou coleção de filmes) e quem tem o poder, como uma potência digital de advogado. Saiba que as leis relativas a decisões após a morte de arquivos digitais ainda está evoluindo, mas a vale a pena ficar atento e planejar com antecedência.

Pesquisar neste blog