quinta-feira, 18 de abril de 2013

Oracle corrige 42 falhas do Java

A Oracle lançou uma importante atualização de segurança para a versão do Java que é executada em navegadores. Segundo a Reuters, a companhia quer tornar a plataforma um alvo menos popular para os hackers. 


A melhoria corrige 42 vulnerabilidades no programa, incluindo as consideradas mais críticas. Uma das mudanças mais significativas envolve a configuração padrão. Os sites não poderão forçar pequenos programas, conhecidos como applets Java, a rodar no navegador a menos que tenham sido assinados digitalmente. O vice-presidente executivo da Oracle, Hasan Rizvi, alertou, no entanto, que os usuários podem ignorar o aviso se clicarem, mas isto servirá como um reconhecimento do risco.

Uma série de falhas de segurança no plug-in do Java para navegadores foi descoberta por pesquisadores e hackers no ano passado. O programa foi veículo para 50% de todos os ataques digitais em 2012, de acordo com a Kaspersky.

No início deste ano, o Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos recomendou internautas a desabilitar o Java nos navegadores. Mas muitas das grandes empresas usam softwares internos que se baseiam no software pressionaram a Oracle para tornar a plataforma mais segura.

Pesquisar neste blog