terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Dicas para prevenir infecções em seu computador


Softwares desatualizados são um convite a infecções por malware. Veja como fugir disso.

O malware é uma preocupação generalizada que custa aos consumidores mais de 2 bilhões de dólares por ano e compromete milhões de computadores pessoais a cada temporada. É uma ameaça que evolui tão rapidamente quanto nossas medidas para remediá-la.

Hackers quebram suas senhas. Scammers enganam você para que clique em links maliciosos. Mas essas não são as únicas maneiras - ou até mesmo as mais comuns - de ter o seu computador infectado.

O fato é que o software que você usa todos os dias tem grandes chances de estar desatualizado, o que o torna vulnerável a falhas de segurança. Software sem correção é uma das formas mais populares de malwares se aproveitarem para invadir o seu PC.


Reagir às ameaças não é o bastante

A maneira habitual de lidar com uma ameaça é contar com um programa antivírus para identificar infecções. Você verifica regularmente a sua máquina e coloca em quarentena e erradica quaisquer vírus que são descobertos.

Alguns malwares inevitavelmente passarão pela verificação de segurança - até mesmo as mais fortes. Por isso, realizar varreduras é uma parte importante de qualquer defesa, mas os antivírus tradicionais também têm algumas desvantagens.

Você sabe o que fazer: configure o seu programa para "escanear" e encontre outra coisa para fazer pelos próximos 30 ou 120 minutos. Você vai dar um suspiro de alívio quando o seu computador estiver totalmente limpo, mas ao mesmo tempo você está completamente amarrado.

Mesmo quando você não está de fato removendo um malware, programas antivírus tradicionais podem sugar o seu tempo e recursos, com pop-ups intrusivos de avisos e códigos pesados que diminuem a velocidade do seu computador. E não seria a redução das interrupções de produtividade o motivo principal da luta contra malwares?

O caminho da prevenção

Se você quer realmente fechar as portas para os códigos maliciosos, você precisa migrar de uma abordagem reativa para uma preventiva. Começando por tornar hábito essas boas práticas abaixo:

- Instale um bom software antivírus com firewall; recomendamos Kaspesky 
- limite o número de contas de Administrador;
- mantenha seus laptops e dispositivos móveis fisicamente seguros;
- exclua qualquer e-mail não solicitado sem abri-los (especialmente aqueles que contêm anexos ou links);
- desconfie de um e-mail que solicita informações pessoais, como senhas ou número de segurança - social;
- sempre use senhas fortes, e nunca as compartilhe;
- não clique em links aleatórios;
- não faça o download de softwares desconhecidos fora da Internet;
- faça logout ou bloqueie o computador quando for se afastar;
- seja cauteloso ao permitir o acesso remoto ao seu PC;
- faça backups frequentes de documentos e arquivos importantes;
- implante criptografia sempre que estiver disponível;
e, por último e mais importante: sempre mantenha seu software atualizado!

Fonte IDGNOW

Pesquisar neste blog