quinta-feira, 27 de maio de 2010

O ponto fraco da segurança são os funcionários?

Pesquisa com clientes da Trend Micro mostra que a maioria dos funcionários gasta muito tempo em redes sociais e passa por cima da política da empresa para acessar sites bloqueados.

A pesquisa, feita com 1600 usuários finais nos Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Japão, descobriu vários comportamentos descuidados e arriscados dos funcionários.
- Cerca de 50% dos pesquisados admitiu divulgar dados importantes por meio de contas de webmail, sem segurança.
- Funcionários móveis que trabalham com notebooks são ainda mais descuidados: 60% deles envia informações confidenciais por meio de mensagens instantâneas, webmail ou redes de relacionamento. Em comparação, só 44% dos funcionários que trabalham dentro de escritórios fazem o mesmo.
- Enquanto a perda de dados pessoais foi a principal preocupação dos usuários com relação a malware, a perda de dados corporativos ou danos à reputação da empresa quanto a vazamento de dados críticos foi a menor preocupação.
- Um em cada dez pesquisados admitiu burlar a política de segurança da companhia para conseguir acessar sites bloqueados.

Apesar de preocupantes, esses dados não são surpreendentes para quem trabalha com segurança de dados. Algumas recomendações para estas empresas:
- Buscar soluções que antendam as necessidades específicas da empresa;
- Atualização dos softwares e sistemas operacionais;
- Bloquear ameaças antes que elas cheguem à rede, como sistemas de reputação e filtro URL;
- Educação dos funcionários e constante vigilância da política de segurança da empresa.

Qual sua opinião sobre os dados da pesquisa? Esta situação também acontece com seus clientes? Quais suas recomendações para eles? Compartilhe sua opinião nos comentários!

Fonte: Trend Micro
Clique aqui para ver a matéria original

Pesquisar neste blog